Quando o trabalho mata

O local de trabalho não tem de ser um martírio, pode – e deve – ser algo encorajador. É lá que passamos a maior parte da nossa vida…Era necessário cortar na força de trabalho da empresa, reduzi-la em pelo menos 30.000 indivíduos… a qualquer preço. Lombard chegou a afirmar que ele conseguiria que as pessoas saíssem da France Télécom fosse como fosse: “pela janela ou pela porta”.

Read more

Author: https://facebook.com/188340964520479 – Contacto


0

Publication author

offline 2 weeks

Manuel Perroso

1
Comments: 0Publics: 386Registration: 10-04-2018